Derivas anarqueológicas é um registro de parte dos itinerários do que se pode denominar uma arqueologia do sensível, em forma de cartas.

Esse é o nome do grupo de pesquisa e estudos criado em abril 2018, pelos professores Marcelo Monteiro Costa e Marcelo R. S. Ribeiro, na Faculdade de Comunicação da UFBA, e a ideia é explorar a articulação interdisciplinar – e potencialmente indisciplinar – de investigações e experiências com imagens.

Nesta lista, queremos compartilhar passos de um caminho ainda por fazer, que se bifurca e se multiplica no contato com imagens, em sua diversidade de modalidades e formas. Pensar a experiência do sensível arqueologicamente é interrogar as disjunções entre tempos que habitam as imagens.

Parece intrigante? Assine agora e receba em primeira mão a primeira carta!

Ajude a extraviar nossas cartas: compartilhe com mais gente!

Share Derivas anarqueológicas